sexta-feira, 27 de maio de 2011

Ainda o kit anti-homofobia, Ipad 2, Glee em NY, Atores gatos, Meu DILF

Estou testando novas formas de postar aqui no blog...novas formas de me relacionar com vcs, novas formas de layout, um monte de coisas....

Uma das coisas q sempre ficaram na minha cabeça: os vários assuntos rápidos sobre os quais quero falar alguma coisa, mas não quero que se percam na multidão de posts de todo mundo no facebook (e também a maioria dos meus leitores não está por lá)

Portanto, vou experimentar comentar alguns desses tópicos:


1) Tô bem cansado dessa história de Dilma, Bolsonaro e afins com seus comentários ignorantes a respeito do kit anti-homofobia.

Pelo amor de Deus, não se ENSINA ninguém a ser gay, e não é possível que por causa de "propaganda" alguém passe a achar divertido ser um e de fato se transfome em um de nós, mesmo q seja uma criança de 11 anos.

Se fosse possível ensinar orientação sexual (e não "opção", Dilma), todos seríamos héteros, pq fomos criados por pai e mãe héteros e na imensa maioria das vezes não tivemos nenhum gay pra nos espelharmos.

O kit serve para aqueles alunos de 11 anos ou mais que JÁ SÃO GAYS e que morrem de medo de se assumir, que nem pensam nisso por pavor de serem escurraçados por pais, colegas de escola, da rua e professores.

Também serve para que os colegas héteros e os professores aprendam a respeitar o aluno gay, bi, trans, etc, serve pra que eles entendam um pouco o que é a vida pelos outros do outro, do discriminado.

Apenas isso. O kit quer dizer "saia do armário, seja quem vc é, vc merece ser feliz".

Qualquer político ou extremista religioso que tente escandalosamente distorcer esses objetivos está querendo mesmo é estimular uma histeria coletiva....e obviamente se beneficiar disso.


2) Atores fisicamente bons (não sei avaliar como atores mesmo), falam exatamente dessa parte da vida deles Klebber Toledo e Jonatas Faro


3) Histeria pelo Ipad 2 no Brasil, olha só.  Fiquei tão apaixonado por ele em Nova York na Apple Store da Quinta Avenida que vou ser obrigado a me render.



Além das unidades à venda aqui serem poucas, o diabo do aparelho ainda está mais do que esgotado por todo o EUA....Nada em Nova York, Los Angeles, Washington DC....filas na porta desde 5:30 AM em NY pra vendas que supostamente começam às 8:00 AM....(isso se algum aparelho chegar). Bem q tentei comprar lá.

Outra vantagem de comprar aqui: apesar de bem mais caro, dá pra parcelar....

Detalhe: quem tem o iPhone 4 pode usá-lo como roteador (na Vivo dá), então não precisa comprar o Ipad 2 3G.....um wi-fi segura a onda bem.


4) Texto ótimo, recomendado pelo meu amigo Rivo, "Escola é determinante para o fim da homofobia, diz pesquisador", aqui.

5) DILF, DILF, DILF....Eu já achava o Sidney Sampaio exatamente o meu número desde antes dele fazer Malhação, e muito antes dele ser pai. Agora então.....

6) Ontem assisti ao final de temporada de GLEE, passado em Nova York..... (bastidores em fotos aqui)


Tive uma ótima sensação porque os cartazes e outdoors do Times Square mudam constantemente e, como acabei de voltar de lá, as imagens mostradas no seriado são exatamente as mesmas q eu vi pessoalmente....


Pra vcs pode parecer besteira, mas eu sempre quis ir nessa cidade (e os personagens do seriado também).... ;)

E eles ainda não cantaram no palco de um dos musicais que assisti lá, Wicked? Cantaram exatamente a música que me arrancou lágrimas na apresentação da Broadway, "For Good"....




5 comentários:

Dil Santos disse...

Oi Diego, tudo bem?
Menino, concordo com vc. Não se ensina ninguém a ser gay, é uma coisa idiota isso. Mas vamos falar sobre Glee que sou super fã, amo de paixão. Eu assistirei hj o último episódio da temporada. O penúltimo chorei horrores, rsrsrs
Gostei daqui.
Me faz um favor: Vote em mim no prêmio TopBlog 2011, visite meu blog e vote através do selo do prêmio do lado esquerdo e por favor, faça propaganda e peça a seus amigos e amigos dos seus amigos para votarem tbm. Isso é muito importante, rs. Conto com vc.
Bjo menino

Red disse...

Wicked é uma das obsessões da minha vida, vi duas vezes em 2009 e verei de novo esse ano no Gershwin. For Good ficou LINDO, apesar do Kurt (que de Cheno não tem nada, já a Rachel é uma Idinazinha perfeita).
compensou pelo estupro que fizeram com Defying Gravity na 1ª season, onde já se viu tirar a parte principal da música? imagina se tirassem o dueto de For Good? ainda bem que não cortaram tanto (no seriado cortaram, mas o mp3 está completinho), ficou ótimo!

Thiago Lasco (Introspective) disse...

Deu supercerto esse formato de notinhas rápidas com lins. Se estava testando, eu já aprovei!

E posso ter entendido errado, mas eu não vi essa cena de iPad2 esgotados em todos os EUA. Pelo menos não em San Francisco. Mas repito que posso ter entendido errado, eu mesmo não me interessei em comprar.

Com os gastos que tive na viagem, acho que vou ter que ficar sem Rio até pelo menos setembro... :^/

Bjs!

Cara Comum disse...

Eu não tenho facebook, valeu por não ficar só por lá!! ;)

Sobreo os asuntos, confesso que me senti mais envolvido com o primeiro: eu tb estou de saco cheio dessa coisa de que "se ensina a ser gay".. afff...

Don Diego disse...

Thiago,nos EUA são vendidos dois tipos do Ipad 2: o da operadora Verizon e o da operadora AT&T, esse último é o único que funciona em outros países, como o Brasil.

Por isso, esse da AT&T é o mais procurado em TODAS as lojas, por todos os estrangeiros que visitam essas cidades, eis pq esse modelo está sempre esgotado, filas na porta desde madrugada, etc.

Talvez vc tenha visto em San Francisco muitas lojas com os modelos da Verizon somente....e aí vc ficou com a impressão que está tudo normal nas vendas. ;)